O Imposto de Renda 2020 é um dos tributos mais importantes que todo contribuinte pessoa física ou jurídica, que atende os requisitos, deve cumprir corretamente com as suas obrigações. Como 2020 já se aproxima é importante que você se organize com calma para poder fazer o preenchimento correto e evitar problemas e atrasos. Se você tem dúvidas sobre o Imposto de Renda 2020 é só continuar comigo neste artigo.

Imposto de Renda 2020
Imposto de Renda 2020

Declaração Imposto de Renda 2020

O Imposto de Renda é de responsabilidade da Receita Federal, cujo órgão administra todo o processo. Inclusive a fiscalização sobre as possíveis irregularidades.

As pessoas físicas e jurídicas que se enquadrem nos requisitos de declaração do Imposto de Renda devem realiza-la. O prazo da mesma é entre os meses de março e abril, e nela devem conter informações sobre os seus ganhos, gastos e rendimentos daquele ano. Assim você comprova a Receita Federal que tudo foi adquirido dentro das leis.

A declaração de 2020 é feita com base nos rendimentos do ano anterior, ou seja, 2019.


Imposto de Renda Pessoa Física e  Pessoa Jurídica

A Receita Federal é o órgão que realiza a tributação do Imposto de Renda, e a mesma recai sobre pessoas físicas e jurídicas. Abaixo você pode entender como funciona a tributação nos dois casos:

No caso das pessoas físicas, a cobrança do Imposto de Renda é feita através do IRRF e da DIRP. Através do Imposto de Renda Retido na Fonte a tributação é cobrada da pessoa física com descontos diretamente na folha de pagamento. No caso da Declaração de Ajuste Anual a tributação é descontada de rendimentos anuais do trabalhador naquele ano.

Inicialmente é preciso saber quem são as pessoas jurídicas:

  • Órgãos do Governo;
  • Partidos Políticos;
  • Empresas;
  • Igrejas;
  • Entre outros.

Sendo assim, no caso das pessoas jurídicas, a cobrança do Imposto de Renda é feito por meio do IRPJ. E a tributação é descontada de rendimento anuais da empresa naquele ano, assim como no caso da DIRP pessoa física.

No momento da realização da declaração deve-se ter cuidado, pois os rendimentos da pessoa física, não podem interferir nos rendimentos da pessoa jurídica.


Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2020

Abaixo você poderá esclarecer quem são os cidadãos que necessitam declarar o imposto de renda. A tributação do imposto recaí somente sobre uma determinada parcela de trabalhadores, aquele que recebem uma quantia exata de renda e os que possuem uma quantidade exata de bens.

Quem deve declarar o Imposto de renda 2020

Em seguida você pode conferir todos os requisitos que fazem com que haja a obrigatoriedade da realização da declaração do IRPF 2020. Lembrando que é preciso se enquadrar em apenas um dos requisitos:

  • Trabalhadores que receberam durante o ano anterior renda maior que R$ 28.123,91;
  • Rendimentos não-tributáveis com valor superior a R$ 40.000,00 de trabalhadores;
  • Aqueles que possuem bens de direito com valor acima de R$ 300.000,00;
  • Pessoas que arrecadaram mais que R$ 140.619,55 realizando atividades na área rural no ano anterior;
  • Aqueles que realizaram a movimentação de móveis em bolsa de valores ou então que tenham investido em bens mobiliários.

Isenção Imposto de Renda 2020

Apesar de o imposto de renda atingir boa parte da população, muitos brasileiros são isentos do pagamento do IRPF 2020, segundo norma da Receita Federal.

Os seguintes grupos de pessoas não precisam declarar o imposto de renda, ou são isentos do pagamento do IRPF da Receita Federal em 2020:

  • Trabalhadores com renda mensal de até R$ 1.903,98;
  • Trabalhadores cuja renda mensal seja proveniente de benefício previdenciário ou de reforma;
  • Pessoas portadores das seguintes doenças graves:
  1. Tuberculose Ativa;
  2. Paralisia Irreversível e Incapacitante;
  3. Neoplasia Maligna;
  4. Hepatopatia Grave;
  5. Nefropatia Grave;
  6. Hanseníase;
  7. Fibrose Cística (Mucoviscidose);
  8. Espondiloartrose Anquilosante;
  9. Esclerose Múltipla;
  10. Doença de Parkinson;
  11. Doença de Paget em estados avançados (Osteíte Deformante);
  12. Contaminação por Radiação;
  13. Cegueira;
  14. Cardiopatia Grave;
  15. Alienação Mental;
  16. AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)

No caso das doenças citadas acima, será necessário obter laudo de médico oficial da União, do governo estadual ou do município atestando a presença da doença em questão.

O médio então vai gerar um laudo que deve ser apresentado a um posto de atendimento da Receita Federal, para que então seja gerada a isenção do imposto de renda 2020.


Tabela do Imposto de Renda 2020

Tabela Imposto de Renda 2020A tabela do imposto de renda 2020 é uma planilha divulgada pela Receita Federal com as informações das suas alíquotas, sendo estas atualizadas todos os anos. Como você pode observar na imagem abaixo, a porcentagem é realizada sobre a faixa salarial.

A tabela do imposto de renda 2020 ainda não foi divulgada, mas abaixo você pode conferir a tabela IRPF de 2019 para ter uma base das alíquotas cobradas:

Alíquotas Imposto de renda 2020

Tabelas do Imposto de Renda
Tabelas do Imposto de Renda

Em breve a Receita irá divulgar a tabela com as alíquotas anuais. Vale lembrar que a sua consulta é gratuita.


Como Declarar o Imposto de Renda 2020

Para fazer a declaração do imposto de renda 2020, o primeiro passo é realizar o download do programa IRPF 2020.

Existem 2 maneira principais para realizar a declaração:

  • Aravés do computador, pela versão para PC, MAC e linux;
  • Através dos dispositivos moveis, pelas versões para Android e iOS.

Programa Imposto de Renda 2020 para computador

Ao decidir fazer a sua Declaração do Imposto de Renda pelo computador é preciso que você instale alguns programas. Para isso, basta:

  • Instalar o programa pelo link;
  • Escolher o sistema operacional do seu computador;
  • Agora, é só iniciar o processo de declaração.

Lembre-se que há um prazo máximo para a realização da declaração, o mesmo se estende até o dia 29 de Abril.

Programa Imposto de Renda 2020 para celular

Além do computador, você ainda pode realizar a sua declaração pelo celular, através do Aplicativo da Receita Federal. Para isso, é só seguir os seguinte passos:

  • Instale o aplicativo IRPF no seu smartphone;
  • Após a instalação, informe todos os dados requeridos pelo APP.


Como Fazer a Declaração do Imposto de Renda 2020

Após a instalação do programa do Imposto de Renda em seu computador, acesse o aplicativo e clique em “Nova Declaração”;

Declaração do Imposto de Renda – Escolha entre Nova Declaração e importar Declaração
Declaração do Imposto de Renda – Escolha entre Nova Declaração e importar Declaração

Caso você já tenha realizado a declaração em períodos anteriores, você pode clicar em “importar dados IRPF”, e apenas atualizar os valores inseridos em períodos anteriores, o que vai facilitar muito a declaração.

Criando uma nova declaração Imposto de Renda 2020
Criando uma nova declaração Imposto de Renda 2020

No caso de nova declaração, clique em “declaração de ajuste anual” e preencha os dados na nova aba que abrir.

Na barra à esquerda do aplicativo, são apresentados vários comandos e opções de preenchimento que você usará como guia durante a declaração do imposto de renda 2020.

Será necessário preencher na declaração todos os seus bens de direito, rendimentos, e valores que você possua em contas bancárias, fundos de investimento, ou valores e rendimentos dos seus dependentes. As opções para preenchimento do imposto, que podem ser encontradas na barra lateral são:

  • Rendimentos
  • Renda
  • Pagamentos efetuados
  • Imposto pago/retido
  • Importações
  • Espólio
  • Doações efetuadas
  • Dívidas e ônus reais
  • Dependentes
  • Bens e direitos
  • Alimentandos
  • Entre outras informações necessárias

Depois de ter realizado a declaração, com o preenchimento dos dados, é importante que você releia e preste atenção, para que nenhuma informação tenha sido digitada de forma incorreta e possa trazer problemas futuros a você.

Checando a declaração do Imposto de renda 2020

Como enviar a declaração do Imposto de renda 2020

Além de apresentar todos os rendimentos e bens do contribuinte, o resumo do IRPF 2020 já vai indicar a quantidade de imposto a ser pago para a Receita Federal, e o valor da Restituição do Imposto de renda, se esse for o caso.

Caso você já tenha corrigido todos os erros apresentados pelo programa de ajuste anual, chegou a hora de entregar a declaração. Basta clicar em “Entregar declaração” na parte inferior da barra lateral à esquerda, e imprimir o recibo da declaração.

Restituição do imposto de Renda 2020

Caso o Programa de envio do IRPF 2020 tenha lhe apontado que você terá direito a receber restituição, isso significa que você  poderá receber parte do imposto pago à Receita Federal de volta, através da Restituição do Imposto de Renda 2020.

A restituição é paga em lotes, que são pagos de acordo com a ordem do envio da declaração para a Receita Federal. Com exceção das descaração de:

  • Aposentados;
  • Pensionistas e;
  • Pessoas com doenças graves, que são priorizadas.

Por isso, vale a pena se adiantar para ter direito a receber a restituição do imposto de renda 2020 logo.

Para se ter ideia, ao fazer a sua declaração, o programa responsável faz as contas e quanto mais deduções você tiver (despesas médicas, dependentes e etc.) mais descontos receberá. No final se você for um dos milhares de brasileiros que terão direito a restituição receberá o dinheiro com a correção da taxa Selic.

Ao final de cada ano, o Governo divulga uma lista com o nome e a relação de contribuintes que deverão receber a restituição, a qual também é disponibilizada no site da Receita Federal (http://idg.receita.fazenda.gov.br/).


Consulta Restituição IRPF 2020

Se você tem direito á restituição, é possível consultar a data em que o pagamento será efetuado em sua conta bancária, através do portal da Receita Federal. para consultar a restituição do imposto de renda 2020, basta seguir esses passos:

Consulta Restituição IRPF 2020
Consulta Restituição IRPF 2020

O portal da Receita Federal também libera o calendário da restituição IRPF. Sendo assim, se a sua restituição não foi divulgada, é possível conferir pelo seguinte site:

Malha Fina do Imposto de Renda 2020

Anteriormente já foi indicado que você preste atenção no momento da declaração do Imposto de Renda, pois caso algum erro de preenchimento no seus dados você cairá na Malha Fina. A malha fina é utilizada para filtrar as incorreções e possíveis sonegações do imposto. Sendo assim, caso você cai na mesma terá de pagar multas e se explicar a Receita Federal.

Por isso, é de grande importância que não haja nenhum erro no momento de preenchimento da sua declaração. Mas, caso não seja possível evitar, você deve enviar uma retificação Imposto de Renda.

Malha Fina 2020
Malha Fina 2020

Se você deseja se informar quanto a sua situação junto a Receita Federal e saber se sua declaração caiu na malha fina, utilize alguma das opções apresentadas abaixo:

  • Realize a consulta da restituição por meio do site. Se a restituição constar no sistema, você está livre da malha fina. Caso contrário, há pendências na sua declaração;
  • Ou, se você preferir pode telefonar para a central de atendimento da Receita Federal, pelo número 146.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...